Imprensa
Notícias
Seg
09/07
Caxias tenta até o fim, mas perde novamente para o Treze

Com nova derrota para os paraibanos, a equipe grená está eliminada da competição

 

O Caxias entrou em campo na tarde deste domingo (08), para enfrentar o Treze da Paraíba, no Estádio Centenário, pelas quartas de final da Série D, em jogo que valia o acesso à Série C de 2019. Como havia perdido a primeira partida, por 1 a 0, em João Pessoa, a S.E.R. Caxias precisava vencer por dois gols de diferença para se classificar.

 

O JOGO

 

Precisando reverter o placar adverso construído no primeiro jogo, o Caxias iniciou pressionando a equipe do Treze no Centenário. Logo aos três minutos, Wesley criou uma boa chance, mas o goleiro adversário realizou boa intervenção. Aos 16 minutos, Júnior Alves abriu o placar, após cobrança de escanteio de Rafael Gava e complemento de cabeça do zagueiro grená. Mesmo na frente do marcador, o Caxias seguiu comandando as ações da partida. Aos 18 minutos, Wesley recebeu lançamento e chutou cruzado. A bola passou muito perto do gol. Aos 28 minutos, Nathan fez grande jogada individual e saiu na cara do goleiro. Mas Mauro Iguatu, salvou a equipe do Treze.  Um minuto mais tarde, Rafael Gava, de “bicicleta”, quase anotou um golaço. E em uma das primeiras chegadas do time visitante, saiu o gol do adversário. Com 32 minutos, Brumati empatou o jogo, após cobrança de escanteio de Marcelinho Paraíba.  Aos 42 e aos 43 minutos, o Caxias criou mais duas grandes chances dentro da pequena área, com Gilson e Eder, respectivamente, mas a bola não entrou.

 

Se no primeiro tempo o domínio foi todo do Caxias, na segunda etapa, o Treze soube administrar a partida. Logo aos dois minutos, em rápido contra-ataque, a bola sobrou para Coppetti, que na entrada da área, mandou no canto de Gledson para virar o placar. Somente aos 29 minutos o Caxias voltou a incomodar o goleiro adversário. Jean, de cabeça, quase anotou. E aos 39 minutos, quando a equipe grená já tentava o seu gol a todo o custo, o Treze aproveitou e ampliou a vantagem com Dedé. Na comemoração, iniciou-se uma confusão generalizada envolvendo jogadores e comissões técnicas de ambas as equipes. O juiz, por questões de segurança, decidiu encerrar a partida.

 

Com a derrota por 3 a 1, o Caxias não alcançou a classificação e o acesso à Série C 2019. Nos próximos dias, a direção grená deverá avaliar a possibilidade de disputa da Copa RS, no último semestre de 2018.

 

Ficha da partida:

 

Escalação S.E.R. Caxias: Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Jean e Julinho; Régis (18’2º, Caio Cezar), Gilson, Eder (5’2º, Túlio Renan), Rafael Gava e Nathan (25’2º, Alex Willian); Wesley.  Técnico: Luiz Carlos Winck.

 

Escalação Treze F.C.: Mauro Iguatu; Brumati, Ítalo, Nilson Júnior e Silva, Elielton (INT, Dedé), Carlos Coppetti e Marcelinho Paraíba (36’2º, Rayllan); Leilson (28’2º, Alex Travassos), Ceará e Max Samurai. Técnico: Flávio Araújo.

 

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Felipe Alan Costa de Oliveira. Quarto árbitro: Felipe Fernandes de Lima.

 

Gol: Júnior Alves (16’1º) para o Caxias.

Brumati (32’1º), Coppetti (2’2º) e Dedé (39’2º) para o Treze.

 

Cartões amarelos: Caio Cezar, Júnior Alves e Gilson para o Caxias. 

Elielton e Dedé para o Treze.

 

Cartões vermelhos: Julinho, Lúcio e Caio Cezar para o Caxias.

Max Samurai e Silva para o Treze.

 

Local: Estádio Centenário (Caxias do Sul)

Horário: 16h.

 

Foto: Luiz Erbes/S.E.R. Caxias