Imprensa
Notícias
Qua
30/01
Caxias perde invencibilidade no Gauchão para o Novo Hamburgo

Equipe do técnico Pingo buscou o empate nos últimos minutos, porém não foi possível evitar a primeira derrota na competição

 

          A S.E.R. Caxias foi até Novo Hamburgo na noite desta quarta-feira (30), encarar o time da casa pela quarta rodada do Gauchão 2019.  A equipe grená sentiu o desgaste de três jogos fora de casa nas primeiras quatro partidas, além de encontrar uma equipe bem preparada do outro lado e conheceu a primeira derrota na competição.

                O JOGO

            A primeira etapa foi de poucas emoções no Estádio do Vale. Sob muito calor, o Caxias encontrou dificuldades para criar chances de gol, assim como o Novo Hamburgo. A primeira oportunidade da partida foi dos mandantes, aos 28 minutos, com Héctor, que passou pela marcação de Samuel Balbino e chutou para grande defesa do goleiro Lee. Aos 33 minutos, o Novo Hamburgo chegou novamente com Leandro, que de dentro da área, chutou a bola para fora do gol grená. Aos 41 minutos, o Caxias criou sua melhor chance com Júnior Juazeiro, que recebeu lançamento de Rafael Gava, e finalizou com perigo ao gol de Gustavo.

            Na segunda etapa, a partida ganhou emoção. Aos quatro minutos, Osvaldir cobrou falta com perigo, a bola desviou e quase encobriu o goleiro Lee. Aos 11 minutos, o Novo Hamburgo abriu o placar com Éder, após receber passe e chutar forte no gol grená.  Aos 17 minutos, o time da casa ampliou o marcador com Fred, de cabeça. Aos 25 minutos, o Novo Hamburgo chegou com perigo novamente com Juninho que acertou a trave, após grande defesa de Lee, em cobrança de falta de Osvaldir. Aos 33 minutos, foi a vez do Caxias atacar com Bruno Alves que fez boa jogada e cruzou para Júnior Juazeiro. O atacante grená ajeitou para Muriel que chutou por cima do gol. Aos 35 minutos, o Caxias teve um pênalti sonegado, após a bola tocar na mão do zagueiro Luis Gustavo dentro da área. Sete minutos mais tarde, o árbitro não teve escolha e marcou a penalidade máxima em Léo Jaime, derrubado por Amaral. Rafael Gava converteu em gol a chance grená. No final do jogo, o Caxias esboçou uma reação, mas não alcançou o empate.

 

PALAVRA DO TÉCNICO

          “Não foi a apresentação que nós estávamos acostumados. Temos correções para fazer. Não vou falar que está tudo errado. Ainda estamos em segundo e hoje devo dar os méritos ao adversário”, destacou o técnico Pingo.

 

          Com a derrota o Caxias perdeu a invencibilidade no Gauchão, mas segue na segunda colocação do campeonato. No domingo, a equipe grená volta a campo para enfrentar o Grêmio, no Estádio Centenário, pela quinta rodada da competição.

 

Ficha da partida:

 

Escalação S.E.R. Caxias: Lee; Muriel, Junior Alves, Jean e Samuel Balbino; Gercimar, Foguinho, Rafael Gava e Eliomar (18’2ºT, Léo Jaime); Bruno Alves e Júnior Juazeiro. Técnico: Pingo.

 

E.C. Novo Hamburgo: Gustavo;  Osvaldir, Fred, Luis Gustavo e Neuton; Amaral, Profeta (9’1ºT, Eder), Mossoró (30’2ºT, Rodrigo Paulista), Juninho e Héctor;  Leandro (35’2ºT, Kelvin). Técnico: Bolívar.

 

Arbitragem: Lucas Guimarães Horn, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi. Quarto árbitro: Sergio dos Santos Moraes. 

 

Gols:  Éder (11’2ºT) e Fred (17’2ºT) para o Novo Hamburgo.

Rafael Gava (45’2ºT) para o Caxias.

 

Cartões amarelos: Luis Gustavo e Osvaldir para o Novo Hamburgo.

Foguinho e Samuel Balbino para o Caxias.

 

Local: Estádio do Vale (Novo Hamburgo).

 

Horário: 20h30.

 

Foto: Adilson Germann/JeaComunicação

PRÓXIMO
JOGO
Domingo
17:00